Publicidade & Propaganda

Exposição virtual: publicitário retrata isolamento social dos profissionais que trabalham no São Joao de Campina

O fotógrafo e publicitário Emanuel Tadeu fará uma exposição virtual para mostrar como estão os profissionais que trabalham durante o período junino nesse período de isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus. “O descolorir da tradição – Sonhos em quarentena” será toda em preto e branco, pois segundo Emanuel visa traduzir em fotos a pausa no São João. “Estou acostumado a fotografar o brilho intenso, as cores vivas da festa, mas precisei destinar todas as cores à saúde que sempre será nossa maior prioridade. Sendo assim, o momento está todo em preto e branco traduzindo o drama vivido por todos nós”, explicou o fotógrafo.

Emanuel Tadeu cursou Publicidade e Propaganda na Faculdade Cesrei, em Campina Grande, e começou a fotografar O Maior São João do Mundo por meio de um estágio entre a faculdade e a prefeitura para que os alunos de publicidade trabalhem no evento com fotografia, vídeo, redação publicitária e social mídia. No ano seguinte ele se tornou um dos fotógrafos oficiais do evento e há cinco anos ele fotografa as festas juninas da Rainha da Borborema.

“Decidi fazer uma exposição virtual para mostrar como estão profissionais como cantor, costureira, sanfoneiro, apresentador e quadrilheiro nessa época que deveria ser o aquecimento para o Maior São João do Mundo”, explicou.

A exposição virtual pode ser vista por meio do site oficial de turismo de Campina Grande (Clique aqui!) e terá início no próximo dia 22. Emanuel também vai expor fotos de edições anteriores da festa.

Todas as fotos serão acompanhadas por poemas do poeta cordelista Lima Filho que é produtor dos festivais de quadrilhas juninas de Campina Grande.

Emanuel Tadeu da Silva já teve fotos publicadas em veículos nacionais e internacionais. Ele costuma fotografar o cotidiano de Campina com muita sensibilidade, a exemplo do registro das ruas da cidade vazias nesse período de pandemia. Sobre o novo desafio ele explica que “as fotos expostas relatam a descontinuação das cores da vida e mostram também os sonhos, em quarentena, daqueles que são um dos maiores responsáveis por fazer o Maior São João do Mundo acontecer em Campina Grande. É necessário passar por isso com a convicção que iremos voltar. O São João encontra-se ausente, nesse momento, mas ele vai voltar”, diz Emanuel.

Notícia anterior

CESREI traz dicas de livros e filmes para você

Próxima notícia

Abertas as inscrições do processo seletivo de estudantes para I competição nacional de Direito Eleitoral